Publicidade
JUÁ GARDEN SHOPPING - 1a. EXPANSÃO
Publicidade
JUÁ GARDEN SHOPPING - 1a. EXPANSÃO
Vale do São Francisco, 20 de Novembro de 2017
Seja Bem Vindo
Postado em 13/09/2017 às 19:00
Sábado é o Dia D da campanha de multivacinação de crianças e adolescentes


No próximo sábado (16) será realizado o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, quando postos de saúde estarão abertos em todo o país. Segundo o Ministério da Saúde, cerca de 47 milhões de crianças e adolescentes menores de 15 anos estão convocados para comparecer aos postos e atualizar a caderneta de vacinação.

Com o slogan “Todo mundo unido fica mais protegido”, a campanha começou no dia 11 de setembro e segue até o dia 22 de setembro em cerca de 36 mil postos fixos de vacinação. Ao todo, 350 mil profissionais participam da ação. De acordo com o ministério, de janeiro a agosto deste ano, foram enviadas a todas as unidades da Federação 143,9 milhões de doses de vacinas de rotina. Para a campanha, foram enviadas 14,8 milhões de doses extras.

A meta é resgatar todas as crianças e adolescentes não vacinados e, com isso, iniciar ou completar os esquemas de imunização. Segundo o ministério, 53% não estão com a vacinação em dia.

Dia D na escola

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, contou que o ministério ainda vai eleger um Dia D de vacinação nas escolas durante a campanha. A data ainda vai ser definida com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems). “Isso será um grande avanço para o nosso compromisso de ampliar a cobertura vacinal, quando pretendemos atualizar o maior número de cadernetas possível”, disse Barros.

Para o ministro, é preciso esclarecer as famílias de que a vacinação é a melhor maneira de prevenir doenças. “Existem movimentos contra a vacinação, mas ela é o melhor tipo de prevenção. Continuamos com a vacinação permanente, todo dia é dia de vacina, e fazemos as campanhas para alertar a população”, disse.

Segundo ele, a vacinação é um direito individual da criança e será ofertada pelo Estado, mas se a família não desejar que seu filho seja vacinado, deve se manifestar por escrito. “Por isso é importante a parceria com a escola. Na unidade de saúde, a família leva ou não a criança, e na escola, a vacina vai até a criança e a cobertura vai ser muito mais ampla”, explicou.




Agência Brasil
Deixe seu comentário
Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do portal Vejalogo ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.
*Nome
*E-mail
*Comentário

Nenhum comentário registrado


Publicidade
REFEA CENTER 2017
JUAGRO - MARCAS DE QUALIDADE - INTERNO NOTÍCIAS
© Copyright 2015 - Veja Logo. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento ADOIS DIGITAL